I’m back: Desapego

Time for a break

E assim se passaram meses em que deixei o blog de lado …
Por vezes a pessoa têm que deixar tudo para trás e se encontrar, uma espécie de pausa e reflexão depois de todo o caos.

Você foi isso para mim, um aprendizado que durou uma década.
Desse tempo eu retirei bastantas lições, nunca pensei que os clichés se aplicassem a mim, logo eu, que sempre fui a fortaleza da relação.
Estava tão segura da relação, nós já tinhamos passado por tantas provas de fogo que nunca duvidei que seria para sempre. Talvez tenha sido esse o meu maior erro…

O meu jeito decidido e “eu sou mais eu”, fez com que o seu lado machista (você nunca o quiz admitir) não conseguisse aguentar estar com alguém assim.
Hoje entendo claramente que, no inicio, os homens são atraídos por mulher f0rtes e decididas, mas isso também assusta e no longo prazo pode acabar por destruir uma relação.

Parei de me culpar, porque se você não aguentou o tranco e foi pela via mais fácil e vil de me magoar, desrespeitando a pessoa que jurou amar para toda a sua vida, isso é um peso que você irá carregar por toda a sua vida.

Quanto a mim, restou-me juntar todos os pedacinhos tentando manter sempre a boa disposição (tenho horror de pessoas amarguradas), pois não é um episódio triste da nossa vida que nos define.

Hoje eu sou uma pessoa bastante diferente, com cicatrizes profundas que deixaram marcas dificeís de apagar.

She